GOLPE DO FALSO FUNCIONÁRIO DO BANCO


Normalmente, o golpe do falso funcionário do banco ocorre via contato telefônico.
A pessoa criminosa liga para o telefone da vítima se dizendo colaborador de determinada instituição bancária.

Na maioria das vezes, a intenção é roubar informações pessoais e dados bancários. Esse é normalmente o primeiro passo para golpes ainda mais complexos.
Em outros casos, a vítima receberá um e-mail ou mensagem solicitando a confirmação de alguns dados para liberar limite extra, margem consignável ou outro benefício extremamente atrativo.

Ao aceitar o procedimento determinado, que inclui informações em um sites, ou documento, seus dados pessoais e bancários são roubados.
E a partir disso, os golpistas podem vender essas informações, realizar fraudes, clonar cartão de crédito ou utilizar táticas ainda mais elaboradas em contatos futuros.



VEJA ALGUMAS DICAS PARA NÃO CAIR NO GOLPE DO FALSO FUNCIONÁRIO DO BANCO:

  • Não compartilhe, por nenhum meio físico ou offline, dados, informações, endereço, número de cartão, senha ou código de segurança;confira nos canais oficiais da instituição, site ou app qualquer comunicado recebido;

  • Caso desconfie de um contato telefônico, desligue, aguarde um instante e ligue para o número presente nos canais oficiais;
  • Desconfie de promessas, promoções ou ofertas imperdíveis recebidas por e-mail, mensagem ou ligações.


Mantenha-se sempre informado sobre as condutas dos bancos, fique atento as nossas publicações, ou entre em contato conosco e fale com um de nossos consultores.